Notícias

Últimas Notícias

A qualidade do ar e a sua importância em ambientes

Pare por um minuto e tente sentir a qualidade do ar que você está inalando neste exato momento.

Provavelmente você nunca fez ou raramente faz essa observação.

A verdade é única: a maioria de nós não conhece a qualidade do ar que respiramos.

Mas, tão necessário quanto a qualidade da água que você bebe, considerada um saneamento básico, é o ar que você respira!

Uma reflexão sobre a qualidade do ar

Sabemos que processos industriais e de geração de energia, veículos automotivos, queimadas entre outras atividades, são as maiores causas da introdução de substâncias poluentes à atmosfera, muitas delas tóxicas à nossa saúde.

De acordo com o Ministério do Meio Ambiente, a poluição atmosférica pode ser definida como:

“(....) qualquer forma de matéria ou energia com intensidade, concentração, tempo ou características que possam tornar o ar impróprio, nocivo ou ofensivo à saúde, inconveniente ao bem-estar público, danoso aos materiais, à fauna e à flora ou prejudicial à segurança, ao uso da qualidade de vida da comunidade”.

Em outras palavras, a qualidade do ar é atribuída a um conjunto de fatores, o que inclui também as condições meteorológicas de cada região, favoráveis ou não à dispersão dos poluentes.

Nos últimos anos, pesquisadores do mundo inteiro têm se desdobrado para desvendar os efeitos da poluição presente no ar que respiramos.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que nove entre dez pessoas frequentemente respiram níveis de ar poluído considerados perigosos.

A poluição do ar mata cerca de sete milhões de pessoas por ano. Uma média de quase 800 mortes por hora. Isso porque apenas um terço da qualidade do ar está na poluição externa!

Mas será que existe poluição em ambientes internos?

Pode acreditar: cerca de dois terços da qualidade do ar está atribuída
à poluição gerada em ambientes internos, como nossa casa e nosso trabalho, por exemplo.

São locais onde passamos a maior parte do nosso tempo, principalmente espaços corporativos onde há a presença de mais pessoas.

Mas, engana-se quem acredita que dentro de ambientes fechados com ar condicionado, estamos protegidos da poluição.

Quando na realidade o cenário é o oposto: sem uma renovação eficiente do ar nestes espaços, estamos sendo expostos a milhões de microrganismos e bactérias que a longo prazo prejudicarão a nossa saúde e, consequentemente, qualidade de vida.

Pensando em te ajudar a entender mais sobre o assunto, a Milaré desenvolveu uma websérie exclusiva trazendo uma abordagem didática e precisa sobre a qualidade do ar e seus reflexos nos mais diversos ambientes.

Assista aos vídeos agora mesmo e aprenda tudo o que você precisa saber sobre os “inimigos invisíveis” presentes no ar que você respira! Para assistir gratuitamente, basta clicar aqui.

Problemas causados pela má qualidade do ar

Em ambientes fechados, a má qualidade do ar pode acarretar inúmeros problemas na saúde, e recentes pesquisas trazem dados ainda mais alarmantes:

A poluição do ar presente em ambientes internos já afeta áreas cognitivas do ser humano, como saúde mental e capacidade de concentração.

Nas empresas, por exemplo, a qualidade do ar interno pode influenciar diretamente na produtividade do colaborador!

A falta de renovação do ar em ambientes indoor pode, ainda, causar diversos outros problemas de saúde, como:

  • Dor de cabeça;

  • Problemas respiratórios (garganta, coriza, irritação nasal, entre outros);

  • Irritação, coceira ou constante lacrimejamento nos olhos;

  • Reações alérgicas, entre outros.

A importância da qualidade do ar em ambientes internos

Mais do que uma questão ambiental, a preocupação com a qualidade do ar tornou-se um problema de saúde pública que envolve diretamente todos nós.

Um estudo da Autheticity Gap, da Fleishman Hillard, mostra que 70% dos consumidores optam por produtos e serviços de empresas que não gerem impacto ambiental ou social.

Prezar pela qualidade do ar do ambiente de trabalho além de ser um bem ao coletivo, às empresas têm a oportunidade de se destacar de maneira transparente e responsável, gerando maior competitividade e diferenciação no mercado de atuação!

Mas o que eu posso fazer em relação a isso?

Com a aprovação da lei 13.589/2018 sobre renovação de ar, a preocupação com a qualidade do ar em ambientes internos se tornou obrigatória.

A lei, em vigor desde janeiro de 2018, tem o objetivo garantir a boa qualidade do ar indoor, considerando padrões de temperatura, umidade, velocidade, taxa de renovação e grau de pureza do ar.

A ventilação natural dos espaços fechados já pode contribuir para melhorar a qualidade do ar de ambientes internos, e para locais que fazem o uso de ar-condicionado, a lei obriga que seja instalado um sistema composto de ventilador e filtros (Insuflador), que atuam com o objetivo de renovar o ar.

Além disso, realizar manutenções periódicas nos sistemas de ventilação é extremamente importante para reduzir ou até mesmo eliminar as fontes poluentes.

Conte com a Milaré nesta missão

Há mais de 30 anos, a Milaré atua no fornecimento de equipamentos de exaustão e ventilação para que o setor magistral possa operar dentro das normas sanitárias, ambientais e trabalhistas, e inspire sucesso e crescimento.

Ao longo de sua história, a empresa avançou na qualificação dos processos com a emissão de laudos e certificações para elevar a confiança do ar dos ambientes dos mais diversos setores.

Tudo para que você trabalhe e respire sem preocupações!

Conheça nossas soluções:

  • Equipamentos especializados

Produtos que renovam a qualidade do ar, promovendo a saúde e bem-estar.

  • Laudos e certificações

Qualificação dos equipamentos para certeza do cumprimento das normas.

  • Engenharia e Arquitetura para os projetos

A farmácia magistral dentro dos padrões é um mundo de sensações em cada espaço.

Eleve a qualidade do ar em sua empresa! Fale agora mesmo com nossos especialistas e saiba como podemos te ajudar.

Financiamento:
Cartões:
Todos os direitos reservados
© 2021 Milaré - Sistemas de Exaustão
fmark

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência, personalizar a publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Ao 'Prosseguir' você concorda com o monitoramento.

Para mais informações, consulte a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies

Prosseguir